Ato político exige criação da Secretaria de Politicas para Mulheres

Mulheres dos movimentos sociais, donas de casa, sindicatos, estudantes, agentes públicas, promoveram um ato público em frente à Assembleia Legislativa do Paraná nesta terça (29). O objetivo era  sensibilizar as autoridades públicas sobre a importância da criação de secretaria específica para tratar das questões de gênero no Estado.

 

As feministas são contra a criação da estrutura anexa à Secretaria da Família, proposta então defendida pelo Governo.

“É uma vergonha para o Paraná não contar com uma Secretaria de Mulheres na estrutura do Estado. Não existe justificativa para o veto, porque seu funcionamento não onera os cofres públicos”, argumentou Maria Helena Guarezzi, agente pública da Itaipu.   

“As mulheres representam 52% da população, recebem salário menor em comparação ao dos homens e ainda são vítimas de violência.  A cada dois dias uma mulher é assassinada e a cada 15 segundos uma mulher sofre violência. São demandas que exigem intervenções sistemáticas, ininterruptas”, afirmou Toninha Passos do Forum Popular de Mulheres, defensora histórica da criação da secretaria.

O ato terminou com a participação das mulheres na sessão legislativa. Em pronunciamento, a deputada Luciana Rafagnin(PT) louvou a iniciativa e mostrou-se solidária à luta das mulheres.  

Sobre mulheresdoforum

sou aposentada. Viajo bastante e quero usar este espaço para trocar informaçoes sobre política, cidadania, etc
Esse post foi publicado em Artigo, fotos e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s