Marcha das Vadias sábado(16) em Curitiba

Cansadas da banalização recorrente aos casos de estupro, desrespeito, violência doméstica e assédio, as mulheres resolveram mostrar à sociedade sua indignação, impulsionadas numa ação que começou no Canadá, com o nome “Slut Walk” – traduzido para o português como “Marcha das Vadias”.

Depois de ocupar as ruas de cidades em vinte países, o evento agora chega a Curitiba no próximo sábado (16), a partir das 11 horas, com concentração no Passeio Público.

A marcha promete transformar-se numa nova versão dos movimentos feministas contra violência sexual. A diferença agora é que neste século 21 as mulheres resolveram chamar a atenção de forma mais contundente, haja vista o slogan: “Não sou puta, não sou santa. Sou Livre”.

“O nome é acido, mas nós precisamos discutir essa acides. Vadia é um termo que veio da boca dos homens e nós precisamos desmistificá-lo. Tem maior apelo também, se fizéssemos uma passeata comum, o grito não teria a mesma força. As pessoas olham o termo e querem descobrir do que se trata, assim acabam tendo contado com as informações e abrem a cabeça”, explicou Ludmila Nascarella, atriz e produtora cultural que faz parte da organização do evento em Curitiba. O evento conta com mais de 10 mil pessoas confirmadas pelo Facebook.

Sobre mulheresdoforum

sou aposentada. Viajo bastante e quero usar este espaço para trocar informaçoes sobre política, cidadania, etc
Esse post foi publicado em Artigo e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s