Mais de 100 mulheres de 36 municípios participam da Plenária Estadual de Formação

Mulheres movidas a ideais

Mulheres movidas a ideais

Aconteceu em Curitiba, nos dias 15, 16 e 17 de novembro, a Plenária Estadual de Formação das Mulheres do PT/PR, organizada com o propósito de debater o feminismo, paridade, participação política, políticas públicas  e pensar em estratégias para o empoderamento das mulheres.

O evento foi uma ação conjunta das Secretarias Nacional e Estadual de Mulheres do PT em parceria com a Fundação Perseu Abramo, entidade coordenadora dos conteúdos de formação.

A plenária reuniu durante os três dias, mais de 100 mulheres de 36 municípios, entre vereadoras, gestoras públicas, vice-prefeita, mulheres pré-candidatas às eleições em 2014, integrantes dos movimentos organizados – juventude, negras, sindicalistas – ou simplesmente mulheres feministas interessadas numa rica conversa sobre facilidades e percalços da atuação das mulheres no trabalho, na vida e na política.

Mulheres negras... Presente!

Mulheres negras… Presente!

Entre os objetivos da plenária, salienta-se o de socializar as informações nas cidades de origem das participantes, com reflexões sobre o tema mulher e poder, difusão e experiências das mulheres em posição de poder, sensibilizar e articular as mulheres para a participação política, realizar eventos regionais de apoio e estímulo às candidaturas de mulheres e definir estratégias para ampliar a presença de mulheres nos processos eletivos.

Mesa de compromisso das temáticas das mulheres

Mesa de compromisso das temáticas das mulheres

Na mesa de debates, a Deputada Estadual, Luciana Rafagnin falou sobre a postura das mulheres, frente as instâncias de poder e reforma política que possibilite oportunidades igualitárias para homens e mulheres.

“A consciência das nossas mulheres, em se prepararem para fazer política de qualidade é o que faz com que estejamos juntas num feriado como este, debatendo as prioridades e os temas que queremos ter em pauta, nos nossos debates internos e junto da sociedade”, disse Luciana ao saudar as participantes.

Grupo de estudo e reflexões

Grupo de estudo e reflexões

Em exposição sobre a experiência à frente da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres de Curitiba, Roseli Isidoro falou sobre o fortalecimento das “redes de apoio” no combate à violência e as expectativas da implantação da Casa da Mulher Brasileira em Curitiba.

A petista Marilda Ribeiro da Silva trouxe reflexões sobre a “paridade”, questão ainda controversa, observando que apenas a sua implementação  não é suficiente para resolver o problema da falta de oportunidade e divisão do poder e das decisões. “Precisamos pensar como quebrar o que nos é ensinado, a sociedade machista que se reproduz entre homens e mulheres, para efetivamente implementar a paridade como política e não como cota,” salientou.

Ritmo libertario, feminista por natureza.

Ritmo libertario, feminista por natureza.

Com a apresentação do tema “Feminismo, prática política e luta social” a professora e presidenta da APP/PR  Marlei Fernandes lembrou que o feminismo é a luta pela libertação das mulheres. “Mesmo ciente da existência de outras pautas para a libertação da sociedade em geral, que fazem parte da luta de classes, não podemos deixar nossa pauta fora do foco. E para conseguirmos isso temos que enfrentar alguns desafios”, argumentou Marlei.

Com dinâmicas inovadoras e trabalhos em grupo,  as facilitadoras Rose Carlos, Socorro Lago e Alessandra Dadona da Perseu Abramo, contribuíram no sentido de fazer as mulheres pensarem sobre o que é o feminismo e os desafios do “interferir, fazer e ser” no espaço da política. Relatos, desabafos, emoções e cumplicidade de gênero marcaram as intervenções.

A articuladora e organizadora do evento, Secretária Estadual da Mulher do PT/PR Antonia Passos de Araujo, alertou: “Nós mulheres, estamos cada vez mais, preparadas para assumir as responsabilidades políticas, assim como já assumimos em tantas outras instâncias. No próximo ano, teremos eleições e esperamos ter um número cada vez maior de representações femininas, concorrendo e eleitas”.

Plenária revigorada para a luta

Plenária revigorada para a luta

Sobre mulheresdoforum

sou aposentada. Viajo bastante e quero usar este espaço para trocar informaçoes sobre política, cidadania, etc
Esse post foi publicado em fotos, Notícias e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s