Ah, mulheres…

Hoje resolvi escrever para as mulheres e fiquei-me a perguntar: por que hoje? Bem, dizem que hoje é o dia delas. Mas todo dia não é dia de todos nós? Em tese sim, mas temos o hábito de agir como se não fosse e sem respeito ao nosso passado de conquistas. Mas elas, as mulheres, não esquecem, e por isto aproveitam a data para reverenciar suas heroínas, reviver sua história de lutas e lembrar que ainda há muito a fazer até que o mundo curve-se à simplicidade da aceitação de todos, independente de sexo, cor e fé, como iguais. Ai, sim, todos os dias serão dias de todos nós.

Parabéns a você, mulher que luta de peito aberto e forte dose ideológica, e àquelas que lutam no anonimato fazendo, mesmo sem saber e sem intenção, uma silenciosa revolução que resulta na transformação da sociedade.

Foi assim com Maria Bonita, que tudo largou para viver um grande amor cangaceiro. Chiquinha Gonzaga, que deixou a boa vida da corte imperial para viver de música numa época em que apenas a alguns homens era dado esse direito. Também teve aquela primeira mulher de coragem que largou a família no interior e foi estudar na capital, de quem logo disseram ter ido vender o corpo. Parabéns àquela corajosa menina bonita de pernas grossas da minha cidade que foi a primeira a usar minissaia, um dos símbolos de libertação feminina, e que logo foi chamada de vadia, quenga, mas que mesmo assim não desistiu e continuou usando até que eles, os idiotas, mudassem suas cabeças.

Também tem o caso daquela mulher que pela vez primeira entrou num bar cheio de homens, bateu no balcão, pediu uma cachaça, tomou de um gole só, acendeu um cigarro, pagou a conta e saiu de cabeça erguida e às gargalhadas.

Pode não parecer, mas atos como os relatados, que agora parecem simples, foram de muita coragem e ajudaram a forjar a mulher guerreira e livre de hoje, que é herdeira de uma grande tradição de luta.

Parabéns às de ontem e as de hoje, revolucionárias na coragem e no espírito, que rompem barreiras em busca da igualdade e respeito que a todos faz bem.

ceara

Maerlio Barbosa, o Ceará

Sobre mulheresdoforum

sou aposentada. Viajo bastante e quero usar este espaço para trocar informaçoes sobre política, cidadania, etc
Esse post foi publicado em Artigo, fotos e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s